»Ensaios

Nos tempos do telex

17/02/2005 às 14:23

Conheci pouco o diretor de O Progresso, Vlademiro do Amaral, morto em 1985. Mas, pelo que contam, além da densa biografia era uma pessoa que exigia respeito.
O telex foi tão revolucionário para os jornais como os computadores e a internet hoje em dia. Uma daquelas máquinas barulhentas e que funcionava dia e noite tinha acabado de ser instalada em O Progresso, isso no início da década de 80 ou um pouco antes.
O seu Amaral atém-se de curiosidade na máquina no final de uma tarde quando chegava uma mensagem. No final, o emissor escreve o tradicional “by by”...
O diretor não se conteve e retrucou: “bebê uma ova, aqui quem fala é um velho de 70 anos, muito forte...”.
Deixe seu comentário
«voltar
2004-2019 © Todos os direitos reservados